WINDOWS 11

Dia 24/06/2021 a Microsoft ®  anunciou o lançamento de seu novo sistema operacional o Windows 11 o sistema será disponibilizado aos poucos até o final do ano de 2021.

Certamente esse sistema operacional já chega com polêmicas, sendo superado somente pelo extinto Windows Milenium um fracasso generalizado atestado pela comunidade técnica e também por usuários mais experientes com seus problemas crônicos como as telas azuis, travamentos inesperados sem motivos aparentes e outros. Não durou nem um ano no mercado e a Microsoft ® o substituiu pelo Windows XP.

Duas décadas depois, a fabricante apresenta seu novo sistema operacional o Windows 11 que já chega de forma polêmica também.

– Primeiro porque no lançamento do Windows 10 foi informado pela própria fabricante que o Windows 10 seria a última versão para desktops e notebooks, e que somente atualizações constantes do Windows 10 seriam disponibilizadas, tanto as de segurança, como as de melhoramentos e novas funcionalidades.

– E segundo o mais delicado e tão polêmico TPM (Trusted Platform Module 2.0 – Módulo de plataforma Confiável). Que é verificado como requisito necessário no hardware para a compatibilidade com o sistema operacional Windows 11 e sua instalação. Em certos casos nem a versão 1.2 do TPM é validado, obrigando os proprietários a atualizarem suas versões para a 2.0, normalmente com uma atualização de BIOS. Para detalhes de atualização de BIOS, leia nosso post aqui.

O TPM (Trusted Platform Module 2.0 – Módulo de plataforma Confiável) é um chip que se encontra nas placas mãe principalmente as fabricadas a partir de 2014 , ou já embarcado em processadores AMD ® e Intel ® mais recentes,  cujos chipsets sejam de qualidade superior para gerenciar essa tecnologia e as suas funções que nada mais são do que  melhorias referentes a segurança embutida no hardware como a biometria, criptografia, proteção das partições de boot (inicialização de carga do sistema operacional para a memória) e outras. E isso é realmente interessante ao ambiente corporativo mas não faz tanta diferença aos usuários domésticos.

Já estão disponíveis várias informações técnicas sobre o TPM por toda internet, e claro no site da Microsoft ® que verifica a elegibilidade de seu dispositivo ao upgrade para o Windows 11 mediante a presença do TPM.

Não vamos estender nosso conteúdo nesse post, pois ainda certamente mudanças virão !

A própria fabricante estrategicamente já está revendo seus conceitos de liberação do Windows 11 e acreditamos que o bom senso prevalecerá e o Windows 11 será liberado a PC´s e notebooks mais antigos em versões diferentes para o mercado doméstico e o corporativo da mesma forma que o ótimo Windows 10.

– Levando-se em conta que 7 milhões de PC´s e notebooks ainda rodam o Windows 7 pelo mundo.

– Outros mais de 1 bilhão que rodam o Windows 10, que diga-se de passagem é o melhor de todos os sistemas operacionais já lançados pela Microsoft ® e está cada dia melhor, estável e compatível com PC´s e notebooks mais antigos, além dessas virtudes hoje o Windows 10 conta com uma ótima inteligência artificial, uma interface amigável a qualquer nível de usuário. E o mesmo ainda tem suporte garantido pela Microsoft ® até o ano de 2025. Portanto não há com que se preocupar.

Continue com seu Windows 10 atualizado, “maduro” e caso tenha um equipamento antigo e queira ele totalmente funcional instale o Lite Linux como fazemos para vários de nossos clientes que julgam que dispositivos e gadgets antigos não tem mais jeito.

Somos Windows Insiders ® e estamos acompanhando de “perto” quase em tempo real as ações da fabricante sobre o Windows 11 e informaremos a nossos clientes as novidades da fonte. E aos nossos clientes cuidado com as fake news.

Windows ®, Microsoft ®, AMD ® e Intel ® são marcas registradas e possuem todos os direitos reservados.

Para qualquer dúvida, estamos a disposição de vocês nossos nobres clientes em nossos canais.

Service Desk – Flechatec