Hash é um algoritmo, uma função, uma programação utilizada para autenticação digital em seu conteúdo binário.

O algoritmo de geração do identificador hash, em geral uma soma de verificação, impede que se estabeleça uma relação entre o dado alterado e o próprio identificador gerado. Uma alteração do conteúdo do arquivo, por menor que seja, gera um identificador totalmente diferente do arquivo original. Portanto verificando o hash gerado, você tem a certeza da integridade e da autenticidade do arquivo. Desde sua extração, até a chegada do mesmo via download ao seu gadget.

Existem vários tipos de algoritmos que geram hash para arquivos. Exemplos: MD4, MD5, SH1, SH2 dentre outros.

Nós como estudiosos e conhecedores de segurança digital, usamos o SHA256. Que foi criado pela (NSA – Agência de segurança nacional dos Estados Unidos da América).

Não vamos estender o assunto pois serião páginas e páginas, mas só para fechar com nosso padrão de qualidade, algoritmos SHA256 são tão seguros e eficazes que são os mesmos usados no protocolo https de páginas criptografadas para internet com o (SSL – secure sockets layer) e o seu sucessor o (TLS – transport security layer).

Para verificar a integridade de qualquer arquivo desde a origem até o destino terás que usar um software específico para esse tipo de teste. Sugerimos o MD5_and_SHA_Checksum_Utility pela facilidade de uso e gratuito para alguns tipos de algoritmos, inclusive os SHA256. Baixe-o aqui.

Agora vamos ao teste de integridade, com um de nossos arquivos de BIOS como exemplo.

1) Após baixar e descompactar o arquivo .RAR que comprou em uma pasta, clique para executar o MD5_and_SHA_Checksum_Utility, com ele aberto na tela clique em Browse e informe o caminho do arquivo .BIN ou .ROM que comprou e baixou em nosso site conforme a tela abaixo:

2) No exemplo vamos usar o X55U.bin da Asus ®, portanto selecionando o arquivo a tela abaixo já mostra os hashes do arquivo. veja abaixo:

Percebam que nesse ponto o MD5_and_SHA_Checksum_Utility já descobriu os hashes MD5, SHA-1, SHA-256 que é o nosso e o SHA-512.

3) Agora copie a sequência de códigos completa que está dentro do arquivo Hash_SHA256.txt que está junto do arquivo do BIOS baixado de nosso site e cole na linha hash, conforme mostrado abaixo:

4) Clique no botão Verify – verificar. O resultado deverá ser conforme a tela abaixo (hash matched – hash coincide) comprovando a integridade e autenticidade do arquivo e sua estrutura (header – cabeçalho, body – corpo e footer – rodapé) da origem ao destino.

5) Mas se o resultado apresentado for como o que está demonstrado abaixo (hash does not match – hash não corresponde!), significa que o arquivo está corrompido e deve ser descartado. ( Esse efeito fizemos deletando o último caracter da linha hash do arquivo). Teste você também.

Detalhe: Esse procedimento serve para testar qualquer arquivo que se tenha o hash original na fonte, como arquivos .ISO (imagens de softwares) por exemplo e outros.

Asus ® é marca registrada e tem todos seus direitos reservados.

Service Desk – Flechatec